Jornalismo literário a serviço do Natal

Depois de tanto tempo, eis que estou por aqui novamente. A ocasião exige: novo site na área, nova área de blog, porque não presentear o leitor também com uma história de bastidor e inédita? Pois bem, lá vamos nós.  

Há pelo menos três anos, desde que assumi o caderno Viver&, de OVALE, todo Natal eu treino minha “veia” escritora. A partir de uma história real – apurada! – produzo um texto em que misturo fantasia e realidade.

Rememoramos:

Em 2016, a partir de uma entrevista divertida com a ex-miss São José, Lucy Saadi – na ocasião mamãe Noel do shopping Vale Sul – criei um conto sobre a importância da personagem na garantia de um excelente Natal.

Imaginamos uma mulher dos tempos antigos, que comanda a casa, detalhista e que não mede esforços para deixar tudo impecável para que o marido saia para o nobre trabalho na madrugada do dia 25.

Já em 2017, um ano que foi economicamente complicado para muita gente, manter o espírito natalino diante de tantas dívidas não foi uma tarefa fácil. Mas Papai Noel teve uma ideia: levar a magia do Natal ao maior número de pessoas! Como? Entraram em ação os motoristas e cobradores das empresas de ônibus de São José. Benedito dos Santos, Roberto Pereira da Silva, Marcos Antônio, Rodrigo Elias Oliveira, Juliano Aparecido Machado foram chamados para a missão.

Eles sentiram calor com o figurino, claro, mas acenaram, sorriram, distribuíram balas, emocionaram e, melhor, deixaram de lado o “manto da invisibilidade”. Tudo diante do (imaginemos!) olhar atento do Bom Velhinho. Mais um Natal para a conta.

Neste ano, não poderia ser diferente. O desafio principal foi enxugar texto, por causa do menor espaço na página. O aposentado Rubens Campolino, Noel do shopping Vale Sul, foi o escolhido da vez para lembrar a todos de que o Natal pode ter todas as cores. Afinal, diversidade é assunto atual e importante. Assim, já estava na hora de termos um representante negro do Papai Noel.

Mais: o Bom Velhinho não poderia ter acertado mais em sua escolha: “seu” Rubens é de uma simplicidade, humildade e generosidade sem tamanho.   

Bom, é isso. Se você chegou até aqui, lhe convido a ler todos os textos citados e espero, claro, que goste. Decidi neste espaço, contar um pouco mais sobre os bastidores da produção jornalística. E tem muita história bacana, viu?

E se você curtiu, comente, compartilhe, mande perguntas. Vamos juntos!

Super beijo e um Natal maravilhoso para todos.     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *